Oficina de Compostagem Doméstica

O lixo é um problema mundial, todos sabemos disso. Podemos e devemos fazer nossa parte! A compostagem doméstica é um convite para reaproveitar os resíduos orgânicos e um incentivo para uma vida sustentável com alimentação saudável.

Durante a programação do Crescer Saudável realizado pela INMED Parceria para Crianças, estivemos no River Shopping juntos para levar, além da educação alimentar para a primeira infância, educação ambiental para a família toda! Foi um momento mágico compartilhar experiências através de palestras e oficinas. E o melhor de tudo, foi tudo gratuito para a comunidade.

Com a oficina de compostagem doméstica, os participantes além de aprender e desenvolver sua própria composteira, a levaram para casa juntamente com um “biocatalizador” para acelerar o processo. Uma alternativa para quem não quer minhocas.

Compostagem doméstica, uma maneira divertida e didática de falar do lixo e soluções caseiras para uma vida sustentável!

Muito obrigado a todos os apoiadores da oficina. (CTR Petrolina, JB Reciclagem e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário) e para quem não participou já estamos organizando uma oficina em breve em Petrolina-PE. Pelo vídeo dá para sentir a energia das turmas!

Rumbora cuidar do Meio Ambiente!

O que precisa para fazer uma composteira?

2 – Baldes de 15l

1 – Torneira

1 – Tinta Spray para pintar o balde (opicional)

1 – Furadeira ou um ferro de solda

1 – estilete ou faca

Passo a passo:

– Balde 1 que vai coletar o chorume, apenas o furo para instalar a torneira.

– Tampa do balde 1, recortado o centro para encaixar o balde 2.

– Balde 2, furos pequenos (Furadeira ou Ferro de Solda) no fundo para a passagem do chorume e nas bordas para ventilação.

– Tampa do balde 2 perfurada para ventilação.

– Tinta opicional para personalizar sua composteira.

Prontinho. Agora vamos compostar!

Uma alternativa para acelerar a compostagem é usar o biocatalizador com concentração de 3% borrifando nos resíduos orgânicos. (Você pode adquiri-lo já diluído através do Instagram @victorflores33).

Com este processo, entre 10 e 15 dias teremos o composto pronto, variando o tempo de acordo com o tamanho dos resíduos. É importante cortar em pedaços pequenos para otimizar os resultados.

Você pode usar a vontade na composteira: frutas, legumes, verduras, pães, grãos e sementes, casca de ovo, borra e filtro de café até o sachê de chá é bem vindo. Para ter uma boa qualidade do composto use com moderação alimentos cozidos e laticínios e nada de colocar carnes ou fezes de animais carnívoros.

Depois de inserir os resíduos na composteira e borrifar o biocatalizador é só cobrir com restos de grama seca ou poda do jardim, até serragem pode ser usada!

Para finalizar, o chorume depois de coletado é um biofertilizante poderoso! Dessa forma, apenas 50 ml diluídas em 1 litro de água é suficiente. Depois você pode pulverizar nas plantas e no solo. As plantinhas e o meio ambiente agradecem!

Conta aqui nos comentários suas experiências!

Rumbora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: