VALE: Um Câncer em Metástase

Em 2015, o rompimento da barragem do fundão em Mariana-MG assustou o Brasil como o maior CRIME ambiental da história. Foram assassinadas 19 pessoas, o rio Doce e a esperança de sobreviventes que viviam no trecho e que até hoje sofrem com os impactos.

Com todo ecossistema comprometido, podemos dizer que o meio ambiente deveria estar na “UTI”, recebendo todos os cuidados e esforços na sua recuperação. Mas, na verdade, foram doses homeopáticas que não serviram nem como alerta para evitar que este câncer se espalhasse.

Fonte: internet

Hoje, 25 de janeiro de 2019, sem ao menos um diagnóstico atual e preciso do caso em Mariana, temos a notícia devastadora:

O câncer da mineração chamado VALE está em metástase no Brasil! Dessa vez se espalhando em Brumadinho e invadindo o Rio Paraopeba que tem sua foz na Barragem Três Marias, um dos principais afluentes do nosso Velho Chico.

Três Marias atualmente está com 57% da sua capacidade e com vazão afluente de 235 metros cúbicos por segundo. (Dados do CEMIG). Segundo o IBAMA a barragem de rejeitos da Vale estava com 12,7 milhões de metros cúbicos que, agora, estão devastando tudo por onde passa em direção a Barragem de Três Marias.

O represamento das águas em Três Marias tem múltiplas finalidades: produção de energia hidrelétrica, controle de enchentes, irrigação e melhoria das condições de navegabilidade do Velho Chico. Porém, a função estratégica é controlar a vazão do Rio São Francisco impactando no complexo Sobradinho/Paulo Afonso/Xingó, o maior complexo hidrelétrico do Nordeste. Sem Três Marias as barragens de Sobradinho e Complexo Paulo Afonso ficariam sem água no período de seca.

Fonte: Internet

Mais um crime ambiental que não é possível mensurar os impactos no momento, apenas torcer para que as 200 vítimas desaparecidas sejam resgatadas com vida e que possamos ajudar de alguma forma mesmo à distância. Afinal, não podemos esperar muito, pois a negligência de modo geral do poder público não conseguiu combater esse mal que está se espalhando seriamente por nossos corpos hídricos.

Todo mar de rejeitos que contamina as principais veias e artérias do Brasil – os rios – estão rompendo, não só as fronteiras das cidades e estados, mas romperá a fronteira das gerações, que infelizmente sofrerão com esta herança maldita fruto da ganância!

Fonte: Internet

Um comentário em “VALE: Um Câncer em Metástase

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: